Deixe seu Depoimento


Please leave this field empty.

close

Receba notícias sobre novos cursos e conteúdos!



Please leave this field empty.

close

Fontes de indexação para periódicos científicos

Compartilhe :

Apresentação

O aumento na produção das publicações periódicas no formato eletrônico requer dos editores científicos o estabelecimento de critérios rigorosos, para que as suas publicações apresentem conteúdo significativo e estrutura editorial e técnica nos padrões estabelecidos pelas  normas  de  editoração  científica  eletrônica. Conhecer profundamente estes critérios  favorece  a indexação dessas publicações em bases de dados conceituadas. A proposta desta oficina sobre “Fontes de indexação para periódicos científicos” é  preencher uma  lacuna em capacitação quando se trata de Como publicar para ser indexado? Onde indexar? Indicar os principais passos para atribuir responsabilidade editorial e qualidade às produções científicas periódicas. Destacar bases de dados especializadas em diferentes áreas do conhecimento, bem como diretórios e portais temáticos que  indexam periódicos científicos, contribuindo desta forma para a disseminação do conhecimento de forma seletiva e organizada, aferindo as informações disponíveis no  formato eletrônico maior precisão, credibilidade e confiabilidade.

AS MATRÍCULAS DESTE CURSO PERMANECEM ABERTAS EM FLUXO CONTÍNUO

Objetivo

Discutir quais procedimentos editoriais deverão ser adotados pelo periódico científico, independentemente da área do conhecimento, para que atenda aos critérios exigidos para indexação em bases de dados, diretórios e portais temáticos, nacionais e internacionais.

Público alvo

  • Editores de periódicos científicos
  • Membros de equipes editoriais
  • Bibliotecários
  • Alunos de cursos de Graduação, Especialização ou Pós-graduação em Biblioteconomia, Ciência da Informação, Editoração e afins.

Duração

Carga horária de 30h para ser desenvolvida no período de 30 dias corridos, a partir do envio da senha para cada um dos alunos.

Matrículas abertas em fluxo contínuo

Nos cursos on-line da Content Mind o aluno não precisa esperar pela formação de turma para começar. Efetuada a matrícula, recebe sua senha e passa a acessar o curso imediatamente. Todas as aulas permanecem disponibilizadas e entre elas são colocados pré-requisitos para que cada aluno avance pelo conteúdo programático de acordo com seu próprio ritmo. Poderá ficar mais tempo nas aulas em que tiver maior dificuldade e passar rapidamente pelas que já tiver conhecimento. Desta forma ele não precisa esperar pela turma para iniciar, prosseguir ou finalizar seu curso.  Após a última aula, e a avaliação do curso, basta um clique para baixar e/ou imprimir seu certificado.

Ambiente virtual de aprendizagem (AVA)

O AVA utilizado é o Moodle. O ambiente é amigável e possui ferramentas de interação docente com aluno e aluno com aluno. Os pré-requisitos necessários são conexão Internet banda larga em micro equipado com recursos de áudio/vídeo. Os programas necessários podem ser baixados da Internet gratuitamente: WizIQ, Adobe Reader, Flash Player e Real ou Media Player. É desejável que o aluno dedique-se pelo número mínimo de 1 hora/dia recomendado pelo curso, no horário que for possível. É desnecessário ter conhecimento prévio de Educação a Distância.

Pré-requisito

Ser editor ou fazer parte da equipe editorial de uma revista científica.

Avaliação

O curso é 100% on-line. O desempenho do aluno é avaliado em cada unidade mediante a participação nas atividades interativas e realização de exercícios. Ao final do curso o aluno realizará uma atividade de fixação abrangendo todo o conteúdo abordado no decorrer do curso. O aluno tem permissão de cópia e impressão do conteúdo do curso. Nossos cursos possuem certificado de conclusão para o aluno que tenha cumprido no mínimo 75% das atividades e interatividades propostas.

Certificação

O Certificado de participação no curso fica disponível no Moodle para ser impresso pelo aluno após a avaliação do curso. Constam do certificado a modalidade de curso on-line, carga horária, docente,  conteúdo programático e data. Consta do certificado um código de certificação digital para validação no site da Content Mind. No campo validação, no rodapé do site, copie/cole este código e confira como funciona > VPSOmw6oKE

CARGA HORÁRIA


30hs

DOCENTE(S)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1 Contexto introdutório e histórico
1.1 Introdução: Responda rapidamente
1.1.1 Você realmente sabe o que é indexação bibliográfica, o que ela significa para você e para o pesquisador brasileiro?
1.1.2 Você sabe como obtê-la?
1.1.3 Você sabe quais são as principais bases de dados referenciais do mundo e seus critérios de seleção e inclusão?
1.1.4 Você acha ou presume que a não inclusão de revistas nacionais nessas bases de dados é problema exclusivo dos nossos editores?
1.2 Introdução: Refletindo…
1.2.1 Estar indexada, o que isso significa para uma Publicação?
1.2.2 Por que um Periódico ou uma Revista devem ser indexados?
1.3 Linha do tempo sobre a indexação eletrônica e os recursos informacionais
1.4 Controle bibliográfico: ISSN
1.5 Sistema de avaliação Qualis
2 Definições
2.1 Fontes de Indexação
2.1.1 Recurso informacional: base de dados
2.1.2 Recurso informacional: diretório
2.1.3 Recurso informacional: portal
2.1.3.1 Portais de indexação podem ser: abertos e restritos
2.1.4 Recurso informacional: índice
2.2 Recursos informacionais híbridos
3 Tipologias de fontes de indexação
3.1 Fontes de indexação privadas ou proprietárias
3.1.1 Exemplos
3.2 Fontes de indexação públicas/não governamentais
3.2.1 Exemplos
3.3 Fontes de indexação autônomas
3.3.1 Exemplos
3.4 Categorias dos indexadores 3.5 Processo da promoção da informação técnico-científica
4 Exemplos de recursos informacionais estrangeiros e nacionais de indexação
4.1 Bases de dados
4.2 Diretórios
4.2.1 Diretórios de políticas editoriais
4.3 Portais
4.3.1 Exemplos: Portais de Indexação Abertos
4.3.2 Exemplos: Portais de Indexação Restritos
4.4 Índices
4.5 Indexadores Híbridos
4.5.1 Exemplos: indexadores híbridos: base/diretório/índice
4.5.2 Exemplos: indexadores híbridos: base/diretório/portal
4.6 Principais indexadores – Gerais: Procedimentos
4.6.1 Scopus
4.6.2 Web of Science
4.6.2.1 WoS: Como indexar?
4.6.2.2 WoS: Observações
4.6.2.3 WoS: Orientações sobre o processo
4.6.2.4 WoS: Preenchimento do formulário
4.6.2.5 Material de apoio
4.6.3 PubMed
4.6.3.1 Como indexar na PubMed?
4.6.3.2 Processo e configuração da avaliação
4.6.4 DOAJ
4.6.4.1 Orientações sobre o DOAJ
4.6.4.2 Como indexar no DOAJ?
4.6.4.3 Leitura do formulário de indexação
4.6.4.4 Os qualificadores para o selo DOAJ
4.6.4.5 Preenchimento do formulário
4.6.5 SciELO
4.6.5.1 Localização da avaliação
4.6.5.2 SciELO: Critérios – 2014
4.6.5.3 Como indexar na SciELO?
4.6.5.4 Itens a serem informados no formulário
4.6.5.5 Preenchendo o formulário
5 Critérios, benefícios e responsabilidades de indexação
5.1 Critérios
5.1.1 Modelo de critérios de indexação para a base Scopus
5.2 Benefícios e vantagens da indexação
5.3 Responsabilidades da indexação
6 Fontes não indexadoras
6.1 Divulgadores não são indexadores
6.2 Catálogos de bibliotecas e redes cooperativas
6.3 Bibliotecas digitais e virtuais
6.4 Sistemas de avaliação
6.5 Indicadores de visibilidade e Rankings
6.6 Sociedades e Associações
6.7 Identificadores persistentes
6.8 Sites institucionais
7 Novo conceito para busca de informação
7.1 Garimpo especializado
7.2 Serviço de garimpo informacional especializado
8 Dicas importantes ao editor
8.1 Criar o perfil do periódico no Google Acadêmico
8.2 Criar conta do Google Analytics
8.3 Manual de boas práticas da RedAlyC
8.4 Uso de Redes Sociais para o periódico
8.4.1 Redes sociais: Facebook
8.4.2 Redes sociais: Twitter
8.4.3 Redes sociais: Google+
8.5 Vocabulários Controlados e Thesaurus
8.5.1 Lista de Vocabulários e Thesaurus – BIBLAT
8.5.2 EUROVOC – Vocabulário Multilíngue Europeu
8.5.3 BRASED – Thesaurus Brasileiro de Educação
8.5.4 DeCS – Descritores em Ciências da Saúde
8.6 Uso do ORCID para Autores: autoridade
8.6.1 ORCID
8.6.2 Incentivar o uso do ORCID pelos Autores
8.6.3 Exemplo de ORCID iD nos Metadados do OJS
8.7 Afiliações em Sociedades e Associações Científicas
8.7.1 ABEC
8.7.2 CrossRef e PILA

METODOLOGIA

  • Curso teórico-prático
  • Sessões de tira dúvidas via Hangout
  • Exercícios práticos nas bases de dados, diretórios, portais e índices

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANTOS, Gildenir Carolino.  Fontes de indexação para periódicos científicos: um guia para editores e bibliotecários.  Campinas, SP: E-Color, 2011.  121p.  Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=49835>.  Acesso em: 10 abr. 2016.

INVESTIMENTO

Inscrição Individual Valores
1 Participante 600,00
3 ou mais participantes (preço por participante) 500,00
Ex-alunos (informar curso no formulário de inscrição) 500,00

promoção de 50% de desconto encerrada em 15mar2016

Nossas Formas de Pagamento

  • Depósito bancário
  • Boleto Bancário (até 3x sem juros em data a combinar)
  • Cartão de crédito em até 3x sem juros (ou até 12x com juros)
  • Nota de empenho (pessoa jurídica)
ATENÇÃO
  • Pagamento com cartão de crédito em até 3 x sem juros ou em até 12 vezes através do link enviado por email após preenchimento e envio de formulário.
  • Inscrições por Nota de Empenho e depósito bancário serão efetivadas somente após o recebimento da NE ou comprovante de depósito.
  • Caso haja desistência após o pagamento, o aluno poderá ser substituído ou solicitar reserva em outro curso da Content Mind.
  • Razão social, endereço e demais informações da empresa, podem ser obtidos em EMPRESA